O BB Blues Fest chegou este ano à sua sexta edição, levando assim uma vez mais o blues à Baixa da Banheira, mais especificamente ao Fórum Cultural José Manuel Figueiredo e ao Parque José Afonso. O cartaz é todo ele preenchido por quem faz deste género musical a sua forma de expressão artística. Para os apreciadores, o BB Blues Fest tem sido uma referência e uma montra do que melhor se faz tanto em Portugal como no estrangeiro, mas tendo também em atenção as diferentes abordagens do blues, como também de outros estilos musicais que se desenvolveram a partir dele.

No dia 23, sexta-feira, foi a vez de atuarem no auditório do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo os Wax and Boogie, de Barcelona, e um dos grandes nomes do blues norte-americano, Lazy Lester.

O primeiro a subir ao palco foi Lazy Lester, considerado um nome incontornável da velha guarda do blues. A forma como aborda a guitarra e a harmónica fazem dele uma das principais referências dos velhos mestres do Louisiana. Nascido no longínquo ano de 1933, conta já com uma carreira de quase sete décadas, onde constam temas, de que foi autor, como “I’m a Lover Not a Fighter”, “I Hear You Knockin”, “Sugar-Coated Love” e “Bloodstains on the Wall”.

Um festival que tem no blues o seu principal protagonista é sempre um regresso ao passado ou a vários passados. Com Lazy Lester, a viagem no tempo, e também no espaço, é grande e marca um regresso às origens do blues, mergulhando na mais pura das tradições do sul dos Estados Unidos da América. Tendo comemorado há pouco tempo o seu 84º aniversário, ao olharmos para Lazy Lester somos obrigados a dar razão àqueles que dizem que a idade não perdoa. Ao vivo, vale-lhe uma banda de suporte – neste caso é a banda madrilena Lazy Boots, que o acompanha na Europa – que se revela altamente eficiente e competente, conseguindo dessa forma colmatar a já pouca disponibilidade física desde autêntico deus deste género musical. A frescura de outros tempos já não existe e por isso é necessária a presença de músicos de qualidade para o “amparar”. Não deixa, no entanto, de se revelar extraordinário, como Lazy Lester, apesar das muitas viagens que realiza por esse mundo fora, mantém-se como se nunca tivesse saído da sua terra natal. É olhar para o senhor e rapidamente perceber que o espírito e as origens do blues estão lá todas em carne e osso. Só uma ressalva para a ausência de um baixo para compensar os agudos que saíam dos amplificadores Fender.

20170623 - Lazy Lester @ Festival BB Blues Fest 2017

+ Galeria completa em BB Blues Fest’17 dia 23 Lazy Lester

Veio o intervalo e com ele uma pausa que era para ser de 15 minutos, mas que se prolongou para lá da meia-hora, o que se justifica plenamente, já que estes eventos também servem como espaços de convívio entre quem tem uma mesma paixão.

Regresso ao auditório, que se encontrou sempre muito bem preenchido, para o concerto dos catalães Wax and Boogie, projeto que tem vindo a ser reconhecido como um dos mais interessantes no panorama do blues, do rhythm and blues e do boogie woogie. Ster Wax (voz) e David Giorcelli (piano) têm sabido captar da melhor forma aquele que é o verdadeiro espírito da música tradicional afro-americana. A acompanhá-los, estão músicos, também eles espanhóis, de imensa qualidade, Reginald Vilardell na bateria e Oriol Fontanals no contrabaixo. Se com Lazy Lester a viagem no tempo foi maior, com os Wax and Boogie tivemos também um contato direto com géneros musicais mais recentes e que resultaram do blues, como sejam o rhythm and blues, o boogie woogie ou até mesmo o rock and roll. Ster Wax é dona de uma extraordinária voz e de uma presença em palco seguríssima. David Giorcelli é um teclista exuberante e que mais parece já ter nascido a tocar piano, tanta a técnica e a rapidez reveladas. A secção rítmica é eficiente e cumpre com qualidade o seu papel.

Os Wax and Boogie acabaram, como seria de esperar, por ter a atuação mais animada da noite, levando até a algumas pessoas a saírem dos seus lugares e a aventurarem-se num pé de dança. O reportório com uma sonoridade mais diversificada também ajudou a que isso acontecesse.

20170623 - Wax and Boogie @ Festival BB Blues Fest 2017

+ Galeria completa em BB Blues Fest’17 dia 23 Wax and Boogie

Uma noite na companhia das origens de muitas das coisas musicais que temos hoje em dia. Viva o blues!!!

Toda a informação sobre o BB Blues Fest 2017 está disponível no nosso website em Reportagens > Festivais > BB Blues Fest .

Os artigos e fotografias da nossa presença no BB Blues Fest 2017 estão disponíveis em:

Dia 23

+ BB Blues Fest 2017 dia 23, na companhia de Lazy Lester e Wax and Boogie
+ BB Blues Fest 2017 dia 23 Lazy Lester
+ BB Blues Fest 2017 dia 23 Wax and Boogie

Dia 24

+ BB Blues Fest’17 dia 24, Zac Harmon deu-nos “Chicken soup for our soul”
+ BB Blues Fest 2017 dia 24 Ambiente
+ BB Blues Fest 2017 dia 24 The Black Mamba
+ BB Blues Fest 2017 dia 24 Zac Harmon

 

Texto – João Catarino
Fotografia – Luis Sousa
Evento – BB Blues Fest 2017