O Emergente comemora 5 anos. Cinco anos de uma história bonita feita com muitos nomes!

Para além de todos aqueles que constituíram as equipas que o foram tornando possível a cada ano – todos os parceiros, apoios e media partners -, ao longo de 4 edições já concorreram ao Open Call Super Emergentes mais de 200 bandas e pisaram os seus palcos 52 projetos, entre convidados e selecionados pelo Open Call. Uma autêntica linhagem da nova geração da música portuguesa: de Sunflowers a Pedro Mafama, de Meta_ a Hause Plants, de Bia Maria a Solar Corona ou de Ana de Llor a Bandua, muitos dos artistas que passaram pelo Emergente são hoje nomes seguros da música portuguesa e do enorme talento de uma geração entusiasmante.

 E em ano de festa, temos mais um motivo para celebrar: batemos o recorde de candidaturas ao Open Call Super Emergentes: 77, das quais foram aceites 72. Um número que nos deixou assoberbados de trabalho, mas profundamente entusiasmados! Este é o nosso maior orgulho, a confiança de que a nova geração da música portuguesa deposita no Festival, no Open Call e no nosso júri, assim como a credibilidade manifesta na janela de visibilidade e no conjunto de oportunidades que o Emergente oferece e que são efetivamente cada vez mais relevantes e importantes para o percurso das bandas e dos projetos musicais portugueses.

 Não estamos só a falar de quantidade, mas principalmente da qualidade das propostas apresentadas que, mais uma vez, se revelou surpreendente! Do hip-hop à música electrónica, da spoken word ao alt rock, das sonoridades tradicionais reinventadas ao dream rock progressivo, o espectro musical alargou-se consideravelmente e com uma consistência notável, requerendo uma segunda votação e deliberações finais do Júri. Em resultado, alargou-se também o conceito de Super Emergente, abarcando dimensões distintas do fator temporal: os projetos musicais em início de percurso, percursos mais recentes, já iniciados e notados, e também a busca incessante do desafio e das sonoridades do presente.

 Se tivéssemos um orçamento mais alargado e mais dias de Festival, o número de bandas selecionadas para o Line Up, a partir do Open Call, seria certamente superior. Na impossibilidade de abarcar todo o talento que gostaríamos, não descuramos a paridade absolutamente necessária da amostra e a abrangência de géneros musicais, com enfâse nas suas misturas e intersecções. No final, uma enorme dor de cabeça para o Júri e uma escolha muito difícil dos 9 nomes que complementam o Line-Up do festival em 2023.

 São eles:

EVAYAMARIANNEREDOMAROYAL BERMUDARICARDO CRÁVIDÁHUMAN NATURESMALVAMARQUISE, X IT

…que se juntam aos 6 nomes já anunciados e premiados nas edições anteriores:

LANA GASPARØTTIMETAHUMANA TARANJAFALSO NOVEJAVISOL O MARTA

3 dias – 15 bandas – 5 por dia, como o número de edições que celebramos.

Dias 27, 28 e 29 de Dezembro, a festa Emergente é no Musicbox!

Com o line-up revelado, relembramos que os últimos Early Birds para os 3 dias de festival continuam para venda até 3 de Dezembro. Posteriormente, e até à véspera do Emergente, o passe geral terá um custo de 27,50€ e os bilhetes diários de 12€. Nos dias do festival, estarão apenas à venda, à porta, os bilhetes diários pelo valor de 15€ cada.

Deixa um comentário