É com “Tempo” que é marcado o regresso de Dom La Nena, num álbum que reúne a pluralidade de línguas e a mestria na composição da artista numa instrumentalização minimalista acompanhada de violoncelo. Depois de “Ela” (2013) e “Soyo” (2015), a artista brasileira radicada em França apresenta o seu novo álbum como uma resposta a algo ou como uma pausa em tempos difíceis.

Tempo” é o terceiro álbum de Dom La Nena, cantora, compositora e violoncelista, nascida no Brasil e a viver em Paris. Este novo trabalho conta já com o lançamento de três singles com o respectivo videoclipe, que antecedem ao lançamento de “Tempo”- “Quién Podrá Saberlo”, “Tudo Tiene Su Fin” e “Oiseau Sauvage” – que já demonstram um amplo espectro de tonalidades de sons. Com apenas três faixas já é possível encontrar a pluralidade de línguas presentes nas suas composições, numa mistura do português, francês e castelhano, assim como o admirável desdobramento nos arranjos musicais, ao criar todos os sons do álbum usando a sua voz, o violoncelo e algumas partes em piano, sem qualquer utilização de sintetizadores, cordas e percussões.

Mais informação em facebook.com/DomLaNena

Deixa um comentário