O tão aguardado segundo álbum de originais d’Os Quatro e Meia “O Tempo Vai Esperar”, vê hoje finalmente a luz do dia, com edição nos formatos físicos (CD e LP), podendo também ser encontrado em todas as plataformas digitais. Este registo de estúdio, que pelo nome poderia ser considerado premonitório, é composto por 11 faixas e foi produzido por João Só com o selo da Sony Music.

O disco que tinha data de lançamento para o passado mês de abril, aguardou na gaveta por longos seis meses, mas o seu encontro com os fãs foi vitorioso e celebrado esta passada terça-feira num concerto absolutamente extraordinário, no Convento de São Francisco, em Coimbra, esgotado já há semanas. Contudo, os fãs que não conseguiram comprar bilhete a tempo, tiveram a oportunidade de assistir ao vivo. A banda em conjunto com a Rádio Comercial disponibilizou o espetáculo via streaming através do site oficial da rádio e foi contabilizada uma assistência extraordinária de 5060 pessoas.

Os Quatro e Meia são Tiago Nogueira (voz e guitarra), Ricardo Liz Almeida (voz e guitarra), Mário Ferreira (teclas, acordeão e vozes), João Cristovão Rodrigues (violino e bandolim), Pedro Figueiredo (percussão) e Rui Marques – Meia (baixo e contrabaixo).

“O tempo é certeiro.
O tempo sabe melhor do que ninguém quando chegar e quando partir. Só ainda não aprendeu a esperar.
O tempo esticou um ponteiro e pregou uma rasteira aos nossos planos.
Esperámos algum tempo e voltámos em boa hora.
Num tempo em que as palavras substituem os abraços, O Tempo Vai Esperar parte do ponto de chegada do anterior, colocando pontos nos “i”s, mas voando para o lugar onde o tempo se detém.
Até o tempo entendeu que não se apressa quem sonha como nós!
Os Quatro e Meia

Deixa um comentário