Os norte-americanos Spoon estiveram em Portugal na passada 5ª e 6ª feira nos coliseus, para o 2º concerto de comemoração do 15º Aniversário da Rádio Radar. Depois dos “The National” no passado dia 28 de Outubro, e antecedendo “Father John Misty” dia 20, a banda de Britt Daniel encerrou a tour de promoção do mais recente álbum, “Hot Thoughs” (2017) o 9º álbum de originais.

20171117 - Spoon + Husky Loops @ Coliseu dos Recreios

A sala das Portas de Santo Antão não esteve propriamente transpirada de público, mas transpirou indie rock suficiente para compor a noite. Os londrinos “Husky Loops” abriram a noite para os texanos Spoon. As aberturas são sempre posições ingratas para quem delas se encarrega, as bandas por serem desconhecidas, correm o risco de (quase) terem mais público no bar do que a apreciarem a sua actuação. O trio inglês foi destemido e não se deixou intimidar pelos espaços vazios da sala. Uma guitarra-baixo assertiva, engajada na guitarra eléctrica que seguia a bateria sem grandes percalços. Acordes inesperados fora do convencional rockeiro, em que mesmo na sombra dos grandiosos Spoon, conseguiram refrescar o público com originalidade.

Passava pouco mais da hora prevista quando as luzes se apagaram e o quarteto de Austin subiu ao palco. Britt Daniel (voz e guitarra), Jim Eno (bateria), Rob Pope (baixo) e Eric Harvey (teclado e segunda voz) estavam prontos para o último concerto da tour. Um alinhamento equilibrado em termos de discografia, não tornando a noite exclusiva no novo álbum, “Hot Thoughts”. “They want my soul” (2014), penúltimo álbum, não deixou ninguém indiferente tendo sido aclamado pela crítica e pelas rádios nacionais. E não foi por acaso que “Rainy Taxi” e “Do you” puseram a sala a mexer. Também os antecessores “Girls can tell” (2001), “Ga ga ga ga ga” (2007), “Gimme Fiction” (2005), foram intercalados de uma forma inteligente, onde os temas mais electrizantes foram introduzidos com minúcia.

20171117 - Spoon @ Coliseu dos Recreios

Numa entrada demorada e arrastada nos acordes das teclas, e no meio de uma luz ténue sobre os pianos conseguíamos ver a silhueta de Britt Daniel deitado. E assim ficou durante praticamente dois temas, “Via Kannela” e “I ain’t the one”, numa voz limpa e quase discográfica. Provavelmente um dos momentos marcantes da noite. Cumplicidade qb, quer com o público quer com o resto da banda, excepção das teclas onde se aproximou com a guitarra e por momentos tocaram a 4 mãos. “Black like me” anteviu a retirada para um encore demasiado fugaz, deixando-nos com “água na boca” depois do tema “Hot Thoughts” e “Rent I pay”. Os Spoon mostraram a solidez dos mais de vinte anos de carreira (1993/94), tanto em cada álbum que editam (surpreende!) como na fluidez de energia no alinhamento escolhido. Este foi o último concerto da tour europeia mas, segundo o site oficial da banda, estão agendados 18 concertos nos EUA e mais 4 na América latina.

Texto – Carla Sancho
Fotografia – Luis Sousa
Promotor – Everything Is New