O prolífico autor-compositor, intérprete e produtor português, Bruno Sobral lançou “Kultur Is Dead”, o seu sexto álbum de originais.

Fiel à sua identidade, o artista apresenta, ao longo de 12 canções, uma mistura arrojada de diversos estilos, desde o indie rock, o disco e o industrial ao pós-punk, o electro e a pop alternativa, criando uma sonoridade simultaneamente retro e futurista.

Com as participações de Priscilla Devesa (Press Play, Anarchicks) e Rodrigo Velez (Clockwork Boys), o registo de originais, masterizado por Jorge Lopes Fernandes, é o “mais maduro e bem produzido até à data”, com uma “mensagem mais otimista de liberdade e de empoderamento pessoal“, afirmou o Tsunamiz. Já disponível em todas as plataformas de streaming.

Deixa um comentário