MURRO é força, potência e intensidade em palco. É tudo o que se espera, e o que não se espera, são intervenção pública, social, e são também hardcore. É na verdade um valente murro na mesa.

Celebram agora 1 ano de “Misantropo”, o álbum lançado em Outubro de 2021 com a ajuda da Raging Planet, e ontem, pela Ride The Snake da Eliana Berto, foi o momento de o fazerem ao vivo entre amigos e fãs no Ginásio Clube de Corroios, onde também Gonçalo Mota (Um Corpo Estranho, De La Motta, ex- Ash Is a Robot) já marcou a sua presença na bateria da banda. O nosso fotógrafo Luis Sousa esteve por lá e mostra-nos como aconteceu.

Deixa um comentário