Os Conan Castro acabaram de lançar a edição em vinil do seu novo álbum de estúdio “Shrimp Waterfall”, através da editora Groovie Records, no passado dia 02 de fevereiro. Munidos de um sentido de depravação divinal e dos padrões morais mais baixos disponíveis, estes cinco Castros vêm agora mostrar ao mundo um disco repleto de canções acerca da injustiça, do amor, mentiras, opressão, sexo, violência, magia negra, liberdade, frutos do mar, perseguições de carros e, é claro, problemas informáticos. Apertem o cinto, libertem os vossos sentidos e deixem-se transportar para um mundo de cores, ritmos, melodias e de ultraje multilinguístico.

Oriundos do Barreiro, cidade a sul de Lisboa, os Conan Castro and The Moonshine Piñatas são uma banda formada em 2014  e que reúne Leite Castro e Lixo Castro (guitarras), Licor Castro (baixo), Lindo Castro (bateria) e Lama Castro (voz). Devem o seu destemido nome a uma fusão entre elementos mexicanos e norte-americanos com o intuito de criar a impressão de estarem situados na fronteira entre ambos os países. Vá-se lá saber.

Depois dos singles “L’arrampicata”, “Mohawk Valley Formula” e “Nethervanilla”, este último lançado através da editora britânica Aldora Britain Records, a banda dá-nos finalmente a conhecer “Shrimp Waterfall”, o seu segundo trabalho de estúdio.

Tendo tocado um pouco por todo o país desde o início da sua formação, os Conan Castro participaram nas edições de 2015 e de 2016 do Festival Barreiro Rocks. O seu álbum de estreia, “Cataplana América”, foi lançado em 2017 pela editora Hey! Pachuco Recs, seguindo-se em 2018 um Split LP com os Planeta Quadrado por intermédio da Monotone/Groovie Records. Em 2019 partilharam o palco com bandas como The Parkinsons e Asimov e em 2020 foram para estúdio gravar o seu segundo disco.

Ao darem corpo a um cenário tropical repleto de ritmos frenéticos e de riffs enérgicos, os Conan Castro sobem agora a parada neste seu novo “Shrimp Waterfall”, combinando a intensidade que lhes é característica com uma composição inteligente e fazendo assim nascer uma ousada e colorida parafernália musical, em celebração do puro espírito do rock’n’roll. Experimenta, se queres ver.

Podem adquirir o disco aqui.

Deixa um comentário