Rui Gaio lança everyday 49 “António” com Vítor Mamede (Os Chinchilas, Sindicato, Quarteto 1111)

Vitor Mamede é António,  por engano do Rui, que afundou o solo de bateria em reverb para que o piano sobressaísse. Ficam assim os dois planos perfeitamente definidos na profundidade da mistura, o da bateria, volátil, e o do piano, bidimensional. De vez em quando vão um de encontro ao outro como bolas de flippers em extravaganza multiball.

Vitor Mamede, compositor e baterista histórico do rock português, é um nome incontornável da música, estando ligado a  bandas de referência como Os Chinchilas, Sindicato, Quarteto 1111. É pioneiro da música eletrónica em Portugal.

Saltou-se o número quarenta e oito no caminho dos trezentos e sessenta e cinco everydays

Já havia acontecido com o everyday 24 e volta acontecer com o 48. Está em fase de pós-produção e será uma colaboração especial, com a voz de Inês Fat e cinematografia de Fernando Mamede.

Foi a sete de Outubro de 2019 que Rui Gaio experimentou pela sexta vez misturar a sua música com imagem em movimento. Nesse dia decidiu que iria continuar a fazê-lo ininterruptamente, talvez até diariamente (every day). No entanto, o próprio quotidiano do músico impossibilitou uma regularidade tão assídua quanto a desejada, mas, em contrapartida, ofereceu-se enquanto tema e título provocatório para as peças audiovisuais. Trezentos e sessenta e cinco everydays é um projecto audiovisual musical sobre o quotidiano de pessoas e de espaços.

365 everydays (X.P.)   released 22/07/2021
https://ruigaio.bandcamp.com

Rede
http://www.youtube.com/ruimgaio
http://ruigaio.bandcamp.com

https://www.facebook.com/365everydays
https://www.instagram.com/ruimgaio/

Deixa um comentário