Chegou ontem às várias plataformas digitais Vox FloraVox Fauna, o disco de estreia de Ece Canlı, artista turca radicada no Porto. Com edição Lovers & Lollypops, o álbum terá uma edição limitada em formato CD que poderá ser adquirida através do bandcamp da editora.

Ao fim das oito canções de Vox FloraVox Fauna, Ece Canlı prova a capacidade de encurtar distâncias entre a paisagem mais celestial e o cenário mais rude. A artista turca – que actualmente reside no Porto – incorpora a sua voz em ambientes que parecem contrastantes no papel mas que formam harmonia na construção musical que lhes dá. O modo como Ece Canlı trabalha a voz avança em favor de uma pulsão constante ao longo de Vox FloraVox Fauna.

Tem criado paisagens noutros projectos – Nooito, Live Low e Cobra’Coral –, a solo, Ece Canlı, repete insistente e consistentemente de que ainda é possível criar narrativas únicas, trabalhando ideias de extremos no meio. Isto é, está constantemente a celebrar pontos que unem estilos, buscando influências de ideias/construções da folk tradicional, trabalha-as num prisma da electrónica-experimental e joga isso tudo com o sentido de música natural, sons que ao invés de replicarem a natureza, são demonstrações de paisagens, climas, vivências em cenários.

Através dessa estrutura sonora, Ece Canlı aproxima o ouvinte para o seu meio. Os ambientes são uma porta de entrada, a voz – como a usa, como cria línguas e faz poesia sem fronteiras linguísticas e formais – é o elemento que agarra e reencaminha as sensações por estas canções habitadas pela generosidade e violência da relação do homem com a natureza, a natureza enquanto tudo o que está em redor e que se muda e adapta.

Vox FloraVox Fauna evita existir como um álbum de céu e de inferno, de luz e escuridão, de opostos. Aproxima-os, comemora-os, integra-os em canções cristalinas e vivas. A voz de Ece Canlı é o convite para quem está do outro lado – o ouvinte – entrar neste mundo e fazer parte dele.

Deixa um comentário