Ontem voltámos aos concertos, com Moonspell e Murais em destaque para mais um dia de Lisboa Ao Palco. Este festival, organizado pela Câmara Municipal de Lisboa – EGEAC – e Sons Em Trânsito, torna possível o regresso não só de vários artistas e bandas, mas também do público, todos em perfeitas condições de segurança exigidas pelos estranhos dias que todos vivemos. Composto por 10 datas, 20 artistas, realiza-se até ao próximo dia 4 de Outubro na Quinta da Alfarrobeira.

Se o grande destaque da noite eram os já consagrados Moonspell, na primeira contámos com a presença do ainda recente projeto Murais, da autoria de Hélio Morais (Linda Martini, PAUS), que teve, entre outros, a companhia de João Vairinhos na bateria ou de João Cabrita no Saxofone. Num registo mais tranquilo que o que lhe conhecemos, apresentou vários temas daquele que será o seu novo trabalho editado em breve.

Os Moonspell dispensam apresentações, e já são motivo suficiente para nos tirar de casa. Como se não bastasse, apresentaram como convidado especial Rui Sidónio (Bizarra Locomotiva) para lançar aquela que seria uma grande noite de Metal em S. Domingos de Benfica.

Deixa um comentário