A multi instrumentista belga, Trixie Whitley, é a convidada especial da banda dEUS nos concertos de comemoração dos vinte anos do álbum “The Ideal Crash”, em Portugal, nos dias 24 de abril no Coliseu de Lisboa e 25 de abril no Hard Club.

Desde muito jovem, Trixie alimentou um espírito criativo singular. Com apenas três anos, fez a sua estreia no palco ao lado do seu pai, o aclamado cantor e compositor Chris Whitley. Fez parte da banda Black Dub e desde 2013 surgiu como uma artista a solo com três EPs e dois álbuns completos no seu repertório. Trixie Whitley vem dar a conhecer o seu terceiro álbum, “Lacuna”, com data de lançamento a 29 de março de 2019.

Os belgas, dEUS, anunciam dois concertos em Portugal em comemoração dos vinte anos do álbum “The Ideal Crash”. A banda de culto rock sobe ao palco do Coliseu de Lisboa dia 24 de abril e no dia seguinte, 25 de abril, é a vez de atuarem no Porto, com um concerto no Hard Club.

A banda formada em 1991, que já soma vinte e oito anos de existência, decidiu celebrar da melhor forma o vigésimo aniversário do álbum “The Ideal Crash”, através de uma extensa digressão europeia, que arranca em Lisboa, dia 24 de abril e termina em Atenas, dia 31 de maio.

O terceiro disco de dEUS, lançado em 1999, foi o trabalho que cimentou o status do grupo como uma das bandas de rock indie mais talentosas de uma geração. Foi também neste registo que desenvolveram a estética crua dos primeiros trabalhos, garantindo um resultado que tanto reconhecimento e admiração ganhou perante o público.

Com uma remasterização completa e nova edição de álbum e vinil, a banda irá fazer uma digressão de vinte espectáculos, durante a primavera em que irá tocar as dez faixas do álbum “The Ideal Crash” na íntegra para o público nas principais cidades Europeias.

A banda promete deixar a nostalgia para trás e afirma que é esperado para o próximo ano o oitavo álbum, com o novo guitarrista Bruno de Groote. Tom Barman, o líder de dEUS, explica que se existe um momento onde se deve celebrar um álbum e levar em digressão, é este o momento. Constata ainda que o álbum foi um dos mais importantes da banda e que certamente definiu padrões muito elevados para as próximas músicas.

“The perfect time to get the engine going again, to get the fucking machine back on the road! If there was one moment where we should celebrate an album and take it on tour, it’s this one. It was a very important record for us, it’s twenty years old, and it’ll set high standards for the new songs”.

Tom Barman, Klaas Janzoon, Rudy Trouvé, Steff Kamil Carlens e Julle de Borgher, são assíduos dos palcos portugueses e prometem dois concertos que não vão deixar ninguém indiferente.

24 de abril || Coliseu de Lisboa
Abertura de portas: 20h00
Início de espetáculo: 21h00

25 de abril || Hard Club
Abertura de portas: 20h00
Início de espetáculo: 21h00

+info em everythingisnew.pt/deus-2/


Deixa um comentário