Jibóia apresentou o seu último álbum OOOO no passado sábado nos Maus Hábitos na invicta. Na verdade foi estreia da Música em DX num concerto em sala no Porto, cidade que tanto gostamos e vamos menos do que gostaríamos.

Um projecto que nasceu one man band que cresceu com mais dois grandes músicos, o André (teclas e saxofone) e Ricardo Martins e a sua majestosa bateria. Uma viagem pelo mundo com uma intensidade sensorial incrível, que quase chegamos a sentir o odor das especiarias do médio oriente, ou a degustar o sal do Atlântico. Alinhados num desalinho quase improvisado, onde a liberdade de criação impera acima de tudo, esquecendo as métricas do refrão ou a estrutura rítmica da pauta.

20181208 - Concerto - Jiboia - Lançamento de OOOO @ Maus Hábitos (Porto)

As linhas trabalhadas por cada um juntaram-se em pequenas estórias dos cantos mais recônditos do cosmos, na simplicidade do deserto ou na alegria da América do Sul. “Diapende”, single de lançamento do álbum, descolou a nave OOOO e projectou-nos para uma outra dimensão. “Diatessaron”, “Lisboa” ou “Marraquexe”, num ecletismo sonoro que dificilmente conseguiríamos categorizar. Numa complexidade incrível de ritmos, onde os electrónicos dialogam com o jazz até não poderem mais! A receptividade do público foi francamente boa, e nos temas mais harmoniosos todos dançámos. Excelente surpresa de André, que brilhou com o saxofone e deu (dá) cartas aos puristas do jazz. O Óscar a dirigir os vocábulos entrelaçados nas cordas e nos sintetizadores, levou a porto seguro este trio que cresceu e nos deliciou.

Deixa um comentário