Captain Boy está a lançar o terceiro single e vídeo do álbum “Domingos Lentos”: o tema que já toca nas rádios, “Dissolver”.

O músico de Guimarães apresenta o terceiro vídeo de uma trilogia que começou com “Só Se Estraga uma Casa”: um atrasar do luto de uma relação terminada que deu origem a uma trilogia em vídeo de negação e raiva, depressão e aceitação. Tudo se encaixa agora. Vemos nos videoclipes, um assassino que mata Captain Boy (“Só se Estraga uma Casa”). Não aguenta com a culpa e apaga-a com a auto-destruição (“Domingos Lentos”) e no final é submetido, à força, a lidar com a dor. Regressa então às águas de quem o faz sentir maior e por fim, resolve-se (“Dissolver”).

O novo vídeo foi realizado por Giliano Boucinha e pelo próprio Captain Boy.

O álbum “Domingos Lentos” foi totalmente escrito em português, inspirado por autores como Bukowski e Hermann Hesse e fala sobre autodestruição, perda e descoberta. Foi gravado num moinho em Torres Vedras, conta com a produção de Giliano Boucinha e Pedro Sousa Moreira e foi masterizado por Timothy Stollenwerk (Morphine, Kevin Morby, Chromatics).

“they say that hell is crowded, yet,
when you’re in hell,
you always seem to be alone.
& you can’t tell anyone when you’re in hell
or they’ll think you’re crazy
& being crazy is being in hell
& being sane is hellish too.”

Charles Bukowski, in Lost

Fotografia (capa) – Giliano Boucinha

Deixa um comentário