Terceiro lançamento (e o segundo consecutivo pela Regulator) de CAVERNANCIA neste ano da graça de 2022, numa discografia iniciada há pouco mais de um ano, mas já singular e muito própria no seu foco quase obsessivo pela eletricidade enquanto lavagem da alma.

Revelado ao mundo pouco depois da estreia de uma colaboração arrasante com a violinista Maria da Rocha, no OUT.FEST, que lança decerto pistas para o futuro, “no chão” é uma evolução do anterior “manto” (que era já, por sua vez, uma leitura invertida da estreia com “em ciano”); onde “manto” se alinhava na exosfera das tempestades meteorológicas, nesta peça longa, de um take só e sem overdubs, a viagem parece fazer-se, precisamente, rente ao chão – lá na terra onde as turbinas crescem como plantas selvagens e geram a energia necessária para os mais indizíveis horrores.

“Há, nesta viagem de mais de meia hora, evocação de hangares, de matadouros steampunk num timeline paralelo, resquícios das partículas de eletricidade estática no ar, deixadas pelo levantar do “manto”, mas a sua progressão vem a revelar-se, afinal, de novo cósmica, de novo lançando-se nos grandes espaços siderais, nas vastas cavernas estelares, e de novo, e no fim, deixando a confusão – um equivalente auditivo da “tunnel vision”: a dúvida sobre se chegámos realmente a sair do chão”

Rui Pedro Dâmaso

Edição Limitada a 50 cassetes

– CAVERNANCIA – 

Bandcamp
Youtube
Facebook
Instagram

Deixa um comentário