A 48 horas da abertura de portas do MEO Kalorama, o Parque da Bela Vista, em Lisboa, abriu hoje as portas à imprensa para partilhar os últimos preparativos no recinto e revelar o Templo do Som / Temple of Sound, uma instalação artística de Aka Corleone para o Palco MEO, uma colaboração do coletivo UnderdogsMúsica, Arte e Sustentabilidade são os três pilares deste que será o último grande festival de verão europeu e o início de uma nova era no universo dos espetáculos em Portugal.

A 1º edição do MEO Kalorama prepara-se para receber, nos próximos dias 1, 2 e 3 de setembro, cerca de 100 mil pessoas, oriundas de mais de 50 países, principalmente do Reino Unido, Espanha, Alemanha, Itália e Irlanda, num espírito de partilha e paixão pela música, que varia entre o indie, rock, urbano e eletrónica. Divididos pelos três palcos – MEO, colina e Futura, artistas internacionais e nacionais oferecem momentos únicos e irrepetíveis, onde se destaca o último concerto da tour europeia de Nick Cave, bem como os Artic Mokeys que deixam em aberto a possibilidade de presentear com novos temas o público do MEO Kalorama.

A convite da organização do Festival MEO Kalorama, a plataforma cultural Underdogs traz uma diversidade de propostas criativas ao recinto do festival ligadas à inclusão através da arte.  Reflectindo o trabalho que tem sido concretizado através do programa de arte pública da Underdogs, esta colaboração inclui uma intervenção de grande escala do artista AkaCorleone, que ocupa a totalidade do palco MEO. Uma peça que vem dar continuidade ao seu projecto “Temple of Light”, que se tem materializado de várias formas, incluindo um vitral no Panorâmico de Monsanto, uma instalação de luz no Mercado de Santa Clara e uma participação no Festival Breve em Belo Horizonte, Brasil.

Ao longo dos 3 dias do Festival haverá também um espaço dedicado à apresentação de edições de artista exclusivos da Underdogs, promovendo um olhar transversal sobre a pluralidade do trabalho desta plataforma cultural, que ao longo dos anos tem criado uma diversidade de oportunidades para o desenvolvimento criativo de artistas, e contribuído activamente para a democratização da arte, tornando-a acessível a todos, valores partilhados pela organização do MEO Kalorama.

O MEO Kalorama preocupa-se com as pessoas disponibilizando informações necessárias sobre como chegar ao festival, com descontos e reforços nos transportes. No recinto existe igual preocupação, com espaços de mobilidade reduzida, comida vegan, água potável, casa de banho não binárias, copos reutilizáveis, entre outras. Este festival compromete-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos pela Assembleia Geral das Nações Unidas, tornando este festival ibérico (Portugal e Espanha) sustentável, o 3º pilar deste festival.

O MEO Kalorama deseja a todos um excelente festival!

1 de setembro

The Chemical Brothers | Kraftwerk | James Blake | Moderat | Years & Years | Bomba Estéreo | 2ManyDJs B2B Tiga | Jake Shears | Marina Sena | Rodrigo Leão Cinema Project | D’Alva | Fred | Xinobi Live

2 de setembro

Arctic Monkeys | Bonobo | Jessie Ware | Róisín Murphy | Blossoms | Bruno Pernadas | The Lathums | The Legendary Tigerman | Alice Phoebe Lou | Crawlers | Golden Slumbers | You Can’t Win Charlie Brown

3 de setembro

Nick Cave & The Bad Seeds | Disclosure | Ornatos Violeta | Chet Faker | Meute | Moullinex | Peaches | Tiago Bettencourt | ZAZ | Club Makumba | Grand Pulsar

E muito mais.

Sobre o MEO KALORAMA

Localizado no Parque da Bela Vista, um dos maiores parques urbanos da capital – e um dos locais mais privilegiados da cidade graças à sua extensa área verde, proximidade aos transportes públicos, aeroporto e centro da cidade -, é precisamente a este Parque que o festival deve o seu nome, já que “kalorama” significa “bela vista” em grego – e os gregos, como se sabe, inspiraram a cultura e as manifestações culturais ao longo da história. Promovido pela House of Fun e pela Last Tour, o festival abrirá as suas portas pela primeira vez nos dias 1, 2 e 3 de setembro de 2022.

Mais informação em meokalorama.pt .

Deixa um comentário