São onze os projectos musicais que encerram o cartaz para a edição de duplo fim-de-semana do amplifest 2022. Ao FDS1, a ter lugar entre 7 e 9 de outubro, juntam-se Birds in RowDälekPetbrick e Putan Club, enquanto ao FDS2, marcado para 14 a 16 de outubro, se adicionam Cave InFenneszJessica MossPeter BroderickShy, LowTest Dept e The Bug feat. Flowdan. Recorde-se que a experiência musical decorrerá no Hard Club no Porto e que os bilhetes para o FDS2 se encontram à venda no site do eventoOs ingressos para o primeiro fim-de-semana encontram-se esgotados. A par dos nomes anunciados, o Amplifest manterá uma das suas já longas tradições, a adição de uma banda surpresa (que será somente revelada na subida a palco) a cada um dos fins-de-semana.

A música dos Birds In Row é devastadora, emocional e profundamente honesta, tendo-os consolidado como um dos mais relevantes e inventivos colectivos a surgir dentro do género nos últimos anos. Regressam ao Amplifest onde actuaram em 2019. Também de regresso e com novo disco (Precipice) estão os Dälek, projecto que ascende, na sua singularidade, ao estatuto de essencial, não só no panorama do hip-hop, mas da música alternativa e experimental em geral. De volta ao Porto, estão ainda o projecto musical que junta Igor Cavalera e Wayne Adams, PETBRICK e a  guerrilha sonora proposta pelos Putan Club

Ao longo de uma carreira, os Cave In têm vindo a trilhar um caminho singular. É na senda do mais recente capítulo da sua discografia – Heavy Pendulum (Relapse), que se estreiam em Portugal. O guitarrista e compositor austríaco Christian Fennesz é globalmente reconhecido como uma figura chave e uma das vozes mais distintas da música electrónica actual, servindo as suas actuações ao vivo para amplificar ainda mais as qualidades mágicas das suas texturas sónicas que cria. Actua pela primeira vez no Amplifest. Jessica Moss tem-se revelado como uma experiente praticante de imersiva música de isolamento. Phosphenes, o seu novo álbum, é a música mais incisiva e inexorável que compôs até à data, uma peça de arte essencial que será apresentada no Amplifest 2022. Dono de uma longa e caleidoscópica discografia, Peter Broderick destaca-se ainda pelas colaborações com nomes como Nils Frahm e Machinefabriek. Em 2022, fará a sua, há muito devida, estreia no palco do Amplifest, para apresentar Blackberry. Estreia em Portugal ainda para Shy,Low e o seu mais recente Snake Behind The Sun (Pelagic Records) e um concerto imperdível (dos poucos que fazem parte do percurso da banda) para Test Dept. Depois dos icónicos London Zoo (2008) e Angels & Devils (2014), The Bug, regressa às edições a solo com o explosivo Fire, mais uma vez sob a égide da incontornável Ninja Tune. Neste regresso aos palcos portugueses será acompanhado pelo incendiário mago do grime Flowdan.

Mais informação em facebook.com/Amplifest

Deixa um comentário