E o caminho é “Mais Amor”.
Manel Cruz sobe hoje ao palco da Bang Venue para um espetáculo único e especial. 
Depois de um hiato de sete anos, ‘Vida Nova’, o novo disco de MANEL CRUZ  marcou o regresso do ex-vocalista dos Ornatos Violeta, Pluto, Foge Foge Bandido e Supernada.

“O acontecimento de tocar a solo é para mim uma coisa recente. Comecei por limitar-me a tocar as minhas canções num formato acústico e na sua vertente mais convencional, que continua para já a ser a base. Mas fui percebendo que em todos os espetáculos a interação com o público os tornava diferentes em diversos aspetos. E começou a interessar-me esta ideia de assumir aquele espaço como um lugar antes de mais de experimentação, quer ao nível musical quer da interação com outras disciplinas, e até mesmo com o público. E conferir-lhe esse caráter evolutivo na sua própria génese. Para mim é uma casa nova com vontade de ser vivida”.

MANEL CRUZ, BOLHA (solo)

A Bang Venue conta com o apoio do Programa Garantir Cultura num projeto cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e com o apoio financeiro da UE/FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), reativando assim a sua programação artística e cultural. Num tempo em que os artistas e todos os profissionais das artes e cultura, bem como os seus públicos, tiveram de se fechar no seu mundo privado e virar-se mais para dentro, continuando uns a criar e a encontrar formas alternativas de apresentar as suas obras, e outros a fruir as artes e a cultura através desses novos meios, surge uma necessidade cada vez mais urgente de voltar a sair desse casulo, vir novamente para a esfera pública do mundo real/físico e poder partilhar de forma mais próxima os vários domínios das artes.

Bilhetes disponíveis em www.bang-venue.com 

Deixa um comentário