Na memória estão os concertos transpirados dos Iceage, banda que impulsionou Elias Bender Rønnenfelt como um dos principais nomes da música europeia contemporânea. Apesar de figurar como líder e vocalista da banda dinamarquesa, Elias Rønnenfelt é sobretudo um artista multifacetado, que procura ligar a escrita de canções à imprevisibilidade artística. Nesse sentido, estaremos certamente recordados da sua colaboração com Gabriel Ferrandini na Madeira, bem como do projecto paralelo que apresenta como Marching Church.

Em 2019, a ZDB foi o ponto de paragem para o último concerto dos Iceage em Lisboa. Na retina ficou a actuação frenética e a energia do punk rejuvenescido do grupo escandinavo. Ao centro, Elias Rønnenfelt surgia como figura magistral daquele conjunto de rapazes que rebentavam as guitarras e faziam estremecer aquele quarteirão do Bairro Alto. Neste regresso a Lisboa, apresenta-se a solo para um concerto singular e cerimonioso, naquela que é uma oportunidade única para escutar algumas das canções que compõem Seek Shelter, quinto álbum da banda, gravado em 2019 no estúdio lisboeta Namouche, e lançado este ano pela editora Mexican Summer.

Assim, na Igreja St. George, a irreverência punk cede lugar à versatilidade artística de Elias. Um momento raro de contemplação, onde a improvisação dará corpo à refinada poesia boémia do dinamarquês.

Sexta-feira ⟡ 16 de Julho ⟡ 19h
Igreja St. George
Rua de São Jorge, 6

Mais informação em facebook.com/galeriazedosbois

Fotografia (capa) – Sheva Kafai

Deixa um comentário