O Misty Fest 2018 começa já no dia 31 de Outubro com um dos regressos do ano: Scott Matthew. O cantautor prepara-se para apresentar o seu novo álbum, Ode to Others, e revisitar os principais momentos da sua discografia.

Em jeito de antecipação dos 4 grandes concertos em Portugal, lançou nada mais nada menos que a sua versão para o clássico dos Culture Club, “Do You Really Want To Hurt Me”.

“Esta música enche-me todas as medidas. Não é possível passar exprimir por palavras a maneira e a intensidade com que me afectou da melhor maneira quando era miúdo. A música em si e a magia de Boy George levaram-me num turbilhão de descobertas”, afirma o cantor.

Com produção do alemão Kaspar ‘Tropf’ Wiens (Jan Delay, Udo Lindenberg), carregadinha de grooves de reggae, além de novos backing vocals esta será um dos temas obrigatório dia 31 de Outubro, na Casa da Música, 1 Novembro no Convento S. Francisco em Coimbra, no Theatro Circo, em Braga, dia 2 e em Lisboa, no Tivoli BBVA, no dia 4 de Novembro.

Em 2018, o Misty Fest volta a apostar no melhor que se faz na música contemporânea nacional e internacional, trazendo a várias salas portuguesas diversos nomes aclamados pela crítica. Da sua história fazem parte espectáculos memoráveis de artistas internacionais como Cowboy Junkies, Joan as Police Woman, John Grant ou Lloyd Cole, e nacionais como Rodrigo Leão, Mísia, Dead Combo ou Samuel Úria. Nesta última década, o Misty Fest já percorreu o país de norte a sul, num registo inigualável em Portugal, onde esgotou salas como o Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, o Coliseu dos Recreios, a Casa da Música, o Grande Auditório do CCB ou o Convento de São Francisco.

A 9ª edição acontece de 31 de Outubro a 25 de Novembro.

Fotografia (capa) – Luis Sousa

Deixa um comentário