São já conhecidos os nomes que ocuparão o número 50 da Rua da Barroca até Abril. Pela Galeria Zé dos Bois passarão, nos próximos dois meses, os novos discos de WOLF EYES, a estreia nacional de MOOR MOTHER, o regresso de RYLEY WALKER e o início da residência artística de NORBERTO LOBO.

Em Março será também possível ouvir o projecto que une Alex Zhang (Dirty Beaches), David Maranha e Gabriel Ferrandini (11 de Março) e SHELTER, resultado da colaboração entre Ken Vandermark, Nate Wooley, Jasper Stadhouders, Steve Heather (23 de Março).

Em continuidade estará a residência Filipe Felizardo & The Things Previous, que sobe a palco a 15 de Março com Gabriel Ferrandini, Tiago Silva, Yuri Antunes e António Júlio para o segundo episódio. Ainda em Março, numa colaboração com a bienal BoCA, concerto da nigeriana KLEIN e do nacional Van Ayres.

Os Wolf Eyes estão de regresso à edições com “Undertow”. A ser editado pela Lower Floor (editora da banda) o novo registo promete abrir um novo caminho para o rock do colectivo, agora enriquecido pelos projectos paralelos dos seus músicos: Faling Light, Regression ou Henry & Hazel Slaughter. Depois das estreias com “Dread” e “Dead Hills”, os Wolf Eyes assumiram o destaque do underground americano, mostrando que havia um caminho além do garage e stoner rock. Explorando ritmos lentos e sebosos, electrónica agitada, riffs distorcidos até ao ruído total, vozes guturais, o colectivo faz do noise uma celebração.

+info em www.zedosbois.org