Vai fazer apenas dois anos que a dupla de girassóis, cheia de vontade de fazer coisas, se juntou “numa sala de ensaio minúscula em que os instrumentos ocupavam 70% da mesma”, mas a verdade é que têm sido dois anos bem preenchidos e o caminho ascendente vê agora novo ponto máximo na actuação no palco Vodafone FM no Rock in Rio Lisboa 2016.

Sendo um palco maioritariamente de performances nacionais, escolhemos algumas bandas para um pequeno inquérito de cinco perguntas relacionado com a sua participação no festival. Os The Sunflowers foram uma dessas bandas e aqui fica o resultado.

Música em DX (MDX) – Primeira vez no Rock in Rio! O que esperam do festival e o que esperam proporcionar ao festival?

The Sunflowers (SF) – Até agora está a ser uma bela experiência. Todo o trabalho de imprensa e todo o contacto que temos tido com a organização tem sido 5 estrelas. A verdade é que este é o primeiro grande festival onde vamos tocar (o ano passado apenas passamos por alguns festivais mais pequenos) por isso é tudo uma novidade. Acima de tudo, esperamos que as pessoas gostem e que seja uma experiência boa para nós. … um bocado difícil por em papel aquilo que queremos que aconteça quando nem nós próprios o sabemos bem. Queremos festa e achamos que quinta-feira vai ser um bom dia para isso!

MDX – Fazendo parte de um circuito bem mais alternativo, qual é a sensação de estarem agora num festival que é claramente de massas?

SF – Mesmo pertencendo a um festival de massas, o palco onde estamos inseridos tem uma personalidade própria. Não podíamos estar mais contentes com a escolha das bandas, tanto para o nosso dia, como para os restantes. … claro que todo o ambiente do Rock in Rio é um pouco diferente daquilo a que estamos habituados mas é bom ver que o “circuito alternativo” também tem direito a tempo de antena nos festivais maiores.

MDX – Vão actuar no Palco Vodafone, cujas escolhas recaem maioritariamente em escolhas nacionais. Que impacto é que acham que esta projecção pode ter para o futuro da vossa banda ou no circuito em que se inserem?

SF – Primeiro que tudo temos que agradecer ao pessoal da Vodafone FM pelo convite. Vocês são os maiores! Em relação à pergunta, óbvio que nós esperamos que tenha impacto no nosso futuro enquanto banda mas não vamos com essa ideia na cabeça para o palco. Vamos fazer o que temos feito até agora: chegamos ao palco e tentamos rebentar com dois ou três tímpanos no público (btw pessoal, temos protectores de ouvidos à venda. Sempre a pensar em vocês, lindos). O Garage Rock tem vindo a crescer em Portugal e são iniciativas como esta (ter um cartaz deste num festival desta envergadura) que o levam ao público mais mainstream.

MDX – Que concerto(s) não vão querer perder?

SF – Xutos. Queremos ver o palco Vodafone e dar uma espreitadela ao boss.

MDX – Algum de vocês tinha vindo ao rock in rio enquanto público? Alguma experiência que queiram partilhar?

SF – Não, nunca fomos ao Rock in Rio. Estamos a guardar os festivais para quando vamos lá tocar… toda uma experiência diferente.

Não percam o concerto de The Sunflowers no dia 19 de Maio às 16h45 no Palco Vodafone, o concerto tem inicio às 16h45, sendo seguido de Keep Razors Sharp às 18h00 e Black Lips às 20h00.

Mais informação em http://rockinriolisboa.sapo.pt/

Entrevista – Sofia Teixeira