Os Tape Junk vão regressam agora com um novo disto, “Tape Junk” de seu nome, gravado e produzido por Luis Nunes (Walter Benjamin) no Alvito.

Retidos durante três dias no Alentejo, gravaram as nove músicas do novo trabalho, onde praticamente metade dos temas nunca tinham sido tocadas ao vivo, quer em espectáculos, quer em ensaios.

Com alguma curiosidade estamos agora em ouvir todo o novo reportório, que vai passar pelas seguintes datas já agendadas:
12 de Junho – Festival Lá Fora, Évora
25 de Junho – Festival MED, Loulé
10 de Julho – NOS Alive, Algés
28 de Outubro – CCBeat, Belém

Fotografia – Pataca Discos